terça-feira, 15 de setembro de 2015

Não me beije, nunca mais

Não me beije.
Não me beije nunca mais
Se não for pra transar
Não me beije nunca mais
Se for dizer que me ama
Não me beije nunca mais
Se for me prometer algo
Não me beije nunca mais
Se quiser um futuro ao meu lado
Não me beije nunca mais
Até aceitar ser amado.

Porque o meu beijo
Te faz pensar isso
E eu não posso beijar-te pra sempre.
Uma hora paramos para respirar.
É nessa hora que a transa acaba
E saio do transe
O "eu te amo" acaba
A promessa acaba
O amor acaba.
E quando o amor acaba
Só sobra você, imperdoável
E eu, destruída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa