terça-feira, 15 de setembro de 2015

Jamais

Jamais serás aquele amor
Que eu tanto quis
Que eu pedi
Que me levasse aos parques
Que me pagasse um café
Ao invés disso
Tu deitas-te com outra mulher

Jamais serás aquele homem
Que eu tanto esperei
Que eu pedi
Que me deitasse ao teu lado
Que me fizesse amor
Que dançasse comigo
E me deixasse na ponta do pé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa