sexta-feira, 14 de agosto de 2015

De casa

Entre as portas de casa há dois caminhos, 
o de dentro e o de fora. Um guia-me para dentro, 
tão conhecido e acostumado com o lugar, 
o cheiro e o andar da vida naquele lado, que 
apesar dos móveis fora do lugar ainda é 
aconchegante já que por lá eu sei caminhar. 
Do outro, temos um mundo novo, novos ares, 
um chão nunca pisado, mas que parece bem confiável, 
um lugar desconhecido porém convidativo que agrada a 
vontade de mudança e de esperança pra uma vida melhor. 
Arriscar? E se após que eu passar a porta se trancar e eu não 
puder retornar ? Mas e se eu ficar? Será que conseguirei conviver 
com a curiosidade de saber como é do lado de lá? Será que ficar 
por aqui me fará mais feliz que conhecer novos caminhos? 
Entre o medo e a curiosidade, eu saio e deixo meu chinelo 
segurando a porta. Prometo que na primeira vez que eu 
tropeçar pelo novo caminho, eu volto correndo, me calço
 e me tranco em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa